LUIZ PAIXÃO iniciou sua carreira em 1977 e tem-se dedicado intensa e exclusivamente à atividade teatral. Sua presença e atuação são notadas tanto na direção teatral quanto na dramaturgia e no ensino das artes cênicas.


Iniciou sua carreira de professor de História do Teatro e Interpretação Dramática no ano de 1983, lecionando em várias escolas.


Em 1987 foi convidado a integrar o corpo docente do Curso Profissionalizante de Teatro da Fundação Clóvis Salgado, quando teve participação decisiva na implantação e desenvolvimento daquela escola de teatro e, ali, ministrou História do Teatro, Teoria da Interpretação, Literatura Dramática e Interpretação Dramática, até o ano de 1996.


Em 1993 criou, juntamente com a atriz Anália Marques a COMPANHIA DE TEATRO e, em 1996, também em parceria com Anália Marques, criou a COMPANHIA DE TEATRO-ESCOLA DE ARTE.


Em seus mais de 35 anos de teatro,destacam-se os espetáculos:


FASCINAÇÃO
AMORES PROFANOS (1991)
LUIZ/LUIZA
SOB O SIGNO DO PRAZER
MUSICAL BRECHT
MALANDRO, O MUSICAL
AMORES PROFANOS (1997)
68-NOS EMBALOS DA JOVEM GUARDA MEU CORAÇÃO É LUTA ARMADA
O JARDIM DAS CEREJEIRAS
PEER GYNT
MEDÉIA
AMOR EM PEDAÇOS
TROIANAS

CANUDOS

SADE, O AVESSO DE DEUS


 

Comenda Mérito Artístico 2014

 

A Câmara Municipal de Belo Horizonte e o Sindicato do Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversão do Estado de Minas Gerais - SATED/Minas, homenagearam os artistas e técnicos com a Comenda do Mérito Artístico de 2014.

 

A cerimônia foi realizada na Camara Municipal, no dia 04 de novembro de 2014.

 

LUIZ PAIXÃO, diretor artístico da Companhia de Teatro, foi um dos agraciados.

Luiz Paixão.

 

Hoje à noite, você será homenageado e eu estou feliz porque sei

...que em suas veias é o Teatro que corre, oxigenando seu sangue e te dando fôlego para seguir em frente.
....das suas lutas por um Teatro mineiro forte e representativo, desde os tempos da constituinte.
...porque vejo nos inúmeros atores que você formou e forma, sementes que você 
lança neste mundo contribuindo para que o Teatro sempre resista e permaneça.
...porque você segue fazendo um teatro reflexivo sempre,muitas vezes áspero,e é este o seu jeito de se posicionar neste mundo de tantas injustiças.
...porque você resiste e continua tecendo sua obra, independente de patrocínios e muitas vezes (infelizmente) longe dos holofotes.
...porque eu tive o privilégio de realizar tantas obras bonitas ao seu lado e de construir a Companhia de Teatro, que é um pedaço de nós dois.
...porque você é. antes de tudo. um HOMEM de Teatro.

E apesar de distante geograficamente, de alguma forma hoje à noite, eu estarei lá na Câmara Municipal de Belo Hori zonte, emocionada e te aplaudindo de pé.

 

                                                          Anália Marques